[ editar artigo]

Tem clima para a biodiversidade?

Tem clima para a biodiversidade?

As mudanças climáticas e a perda da biodiversidade são duas importantes crises socioambientais do nosso tempo. Mas, pela minha experiência atuando com educação para conservação da biodiversidade e clima, percebo que embora a crise climática já tenha chamado a atenção de uma parcela da sociedade e promovido agendas políticas e empresariais, as discussões sobre biodiversidade caminham a passos lentos.

E qual a importância da biodiversidade e a sua relação com o debate da crise climática?

Minha intenção não é dar uma resposta única e exclusiva para essa questão. A ideia é trazer alguns pontos que considero importantes para ampliar o debate e incorporar a biodiversidade nas tomadas de decisões. 

Você pode estar se perguntando, mas o que é a biodiversidade? Por que eu deveria me importar com ela? O Artigo 2 da Convenção sobre Diversidade Biológica, define biodiversidade como:  

"A variabilidade de organismos vivos de todas as origens, compreendendo, dentre outros, os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos e os complexos ecológicos de que fazem parte; compreendendo ainda a diversidade dentro de espécies, entre espécies e de ecossistemas."

Ou seja, a biodiversidade é a imensa variedade e riqueza de todas as formas de vida do nosso planeta. E ela está por toda parte, seja nas florestas, nos rios, nos oceanos e até mesmo nas cidades, e ainda está em nós e em outros seres vivos. Isso quer dizer que nós também somos parte da biodiversidade e ela está mais próxima do que imaginamos.

E é justamente essa rica diversidade e interação entre as diferentes espécies do nosso planeta que permite a vida prosperar. Os alimentos que consumimos, o ar que respiramos, os medicamentos que usamos, os materiais que utilizamos no nosso dia a dia e tantos outros benefícios são frutos dessa interação da biodiversidade.

O relatório de janeiro de 2020, Nature Risk Rising: Why the Crisis Engulfing Nature Matters for Business and the Economy, traz dados importantes sobre economia e natureza. A pesquisa mostra que 44 trilhões de dólares – mais da metade do PIB total do mundo – é dependente da biodiversidade e de seus serviços. O relatório também destaca que todos os negócios dependem dos recursos naturais e dos serviços ecossistêmicos diretamente ou por meio de suas cadeias de abastecimento.

Mas, qual a relação da biodiversidade com a crise climática?

É reconhecido que a biodiversidade e a crise climática estão interconectadas. As mudanças climáticas já estão impactando a biodiversidade, com o aumento das taxas de perda das espécies, e se não mudarmos para um modelo de desenvolvimento mais sustentável, as mudanças climáticas devem se tornar uma ameaça cada vez mais significativa para a biodiversidade, pois nem todas as espécies conseguem se adaptar rápido as mudanças que estão acontecendo. Por outro lado,

estratégias adaptativas à crise climática que incorporem a conservação da biodiversidade podem contribuir para aumentar a resiliência e reduzir a vulnerabilidade das pessoas, do meio ambiente e da economia à crise climática.

Um outro ponto importante a ser destacado, é que a perda da biodiversidade não é consequência apenas da crise climática. Outros fatores como o desmatamento, queimadas e poluição contribuem para a diminuição da biodiversidade. Repare que esses são fatores que também contribuem para a crise climática, ou melhor dizendo, as ameaças à biodiversidade e a crise climática possuem origens em comum: um modelo de desenvolvimento pautado na destruição do seu próprio alicerce, a natureza.

Logo, se a origem é comum para ambas as crises, as soluções devem ser integradas, políticas e ações para proteger a biodiversidade, também são importantes para mitigar os impactos das mudanças climáticas. Para isso, precisamos de lideranças com um olhar inovador para a biodiversidade, que a vejam como uma oportunidade para construção de uma sociedade mais sustentável, próspera, justa e igualitária. 

“Nunca tivemos tamanha consciência do que estamos fazendo com planeta e jamais tivemos tanto o poder para fazer algo sobre isso." (Sir David Attenborough)

E aí, gostou do texto? Curta, comente e compartilhe! 

--------------

Sobre mim: Eu sou a Bárbara Perão, formada em engenharia ambiental e apaixonada por educação, acredito no potencial das pessoas para causar mudanças significativas em prol da conservação da biodiversidade, por isso, atuo no fortalecimento dos indivíduos para se tornarem agentes de transformação em suas comunidades. 


Participe com suas próprias publicações na Academia da Conservação. Veja aqui algumas dicas que separamos pra você!

Este é um espaço colaborativo e democrático, focado em conectar, comunicar e engajar pessoas em prol da conservação da biodiversidade. Conheça nosso time de embaixadores e curadores.

 

Academia da Conservação
Bárbara de Almeida Perão
Bárbara de Almeida Perão Seguir

Apaixonado por educação, acredito no potencial das pessoas para causar mudanças significativas em prol da conservação da biodiversidade, por isso, atuo no fortalecimento dos indivíduos para se tornarem agentes de transformação.

Ler conteúdo completo
Indicados para você