[ editar artigo]

LIVES Semana do Meio Ambiente 2021

LIVES Semana do Meio Ambiente 2021

Programação de lives durante a semana do Meio Ambiente, de 08, 09 e 10 de junho.

Na Semana do Meio Ambiente organizamos 3 lives imperdíveis para quem quer ficar por dentro dos projetos de conservação que estão sendo desenvolvidos pelo BioParque e AquaRio com instituições parceiras.

As LIVES estão sendo transmitidas pelo canal do Grupo Cataratas no YouTube e aqui pela Academia da Conservação nesta mesma publicação. Confira abaixo a programação completa e dê o play ;)

 

Assista aqui como foi a Live “O Fim da Floresta Vazia”

No segundo dia de LIVE pudermos entendemos melhor sobre a existência de florestas vazias, processo chamado de “defaunação”, quando ocorre a perda de espécies e de populações de animais na natureza. Ela é uma realidade muito próxima ao povo carioca, pois ocorreu com grande intensidade na Floresta da Tijuca. Entretanto, esse cenário está cada vez mais sendo revertido através da reintrodução de espécies animais. O programa de “refaunação” da floresta começou em 2009 com a reintrodução de cutias e desde então muitos outros animais estão sendo devolvidos. Porém ainda há muito o que ser feito, o Instituto Federal do Rio de Janeiro, a Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, com o apoio do Instituto Conhecer para Conservar e do BioParque do Rio, desenvolvem o Projeto Refauna – Reintrodução de Fauna e Restabelecimento de Interações Ecológicas na Mata Atlântica. O Refauna tem a missão de interligar agentes conservacionistas, órgãos ambientais, zoológicos e outros parceiros, de modo a desenvolver projetos de reintrodução de espécies nativas localmente extintas e restabelecer as interações ecológicas perdidas.

Participantes:

  • Marcelo Lopes Rheingantz: Biólogo com vasta experiência em ecologia de populações e biologia da conservação. Atualmente é pesquisador no Laboratório de Ecologia e Conservação de Populações da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e coordenador técnico do Projeto REFAUNA.
  • Milena Fenelon:  Bióloga e Educadora no BioParque do Rio.
  • Claudio Maas: Biólogo com vasta experiência  no desenvolvimento técnico de instituições zoológicas e criatórios e Gerente Técnico do BioParque do Rio.

 

Assista aqui como foi a Live “ Uma Esperança para os Corais”

No Dia Mundial dos Oceanos (08/06), os biólogos Gustavo Duarte (UFRJ), Patricia Rocha (AquaRio) e Matheus Félix (AquaRio), nos contaram sobre a importância dos corais que compõem os recifes, ecossistemas essenciais para a biodiversidade marinha, pois abrigam uma imensa quantidade de espécies, que os usam para se reproduzir, obter alimento e vários outros motivos, possuindo uma enorme complexidade de interações ecológicas.

Apesar de toda sua relevância eles estão sendo ameaçados pelas mudanças climáticas e a acidificação dos oceanos, que promovem o fenômeno conhecido como “branqueamento dos corais”. Durante a LIVE , conseguimos entender que é possível reverter este cenário a partir de estudos científicos com o uso de probióticos, que estão sendo desenvolvidos pelo AquaRio em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Participantes:

  • Patricia Rocha: Bióloga de formação, pós graduanda do curso Educomunicação, atua no AquaRio desde outubro de 2016 no setor de Educação para Conservação, onde é responsável pela área. 
  • Matheus Félix: Biólogo Marinho, atua com manejo de animais marinhos desde 2010 e atualmente possui o cargo de Biólogo Chefe do AquaRio.
  • Gustavo Duarte: Biólogo especialista em ecologia de corais. Atualmente é pesquisador no Laboratório de Ecologia Microbiana e Molecular da Universidade Federal Fluminense (UFRJ).

 

Assista aqui como foi a Live “A Rainha da Mata Atlântica”

Este encontro nos proporcionou descobertas fantásticas sobre a onça-pintada, o maior felino das Américas e um animal importantíssimo para o equilíbrio dos biomas brasileiros onde pode ser encontrada. Agora que estamos na Década da Restauração de Ecossistemas, precisamos mais do que nunca de instituições com boas estratégias para a conservação integrada e eficaz das onças-pintadas. O Instituto Conhecer para Conservar, em parceria com o BioParque do Rio, e o Prof. Dr. Eduardo Eizirik (PUCRS) realiza uma importante iniciativa e está determinada em promover a conservação do maior carnívoro brasileiro.

    Participantes:

    • Milena Fenelon:  Bióloga e Educadora no BioParque do Rio.
    • Claudio Maas: Biólogo com vasta experiência  no desenvolvimento técnico de instituições zoológicas e criatórios e Gerente Técnico do BioParque do Rio.
    • Eduardo Eizirik: Biólogo Especialista em  evolução, genética, ecologia, sistemática e conservação de mamíferos, com ênfase em carnívoros neotropicais. Atualmente é Professor Titular da Escola de Ciências da Saúde e da Vida da PUCRS e Pesquisador do Instituto para Conservação dos Carnívoros Neotropicais.

    Nossa programação de lives desta Semana do Meio Ambiente 2021 terminou com o lançamento do mini-documentário: "A Rainha da Mata Atlântica", uma produção do Grupo Cataratas. O intuito é alertar o espectador sobre a importância da conservação de uma das espécies mais icônicas da fauna brasileira. Além de ser o maior felino das Américas, a onça-pintada é também importantíssima para a sobrevivência de muitas espécies, inclusive a nossa.


    Participe com suas próprias publicações na Academia da Conservação. Veja aqui algumas dicas que separamos pra você!

    Este é um espaço colaborativo e democrático, focado em conectar, comunicar e engajar pessoas em prol da conservação da biodiversidade. Conheça nosso time de embaixadores e curadores.


     

    Academia da Conservação
    Ler conteúdo completo
    Indicados para você