[ editar artigo]

Programação 11/12 Congresso AZAB

Programação 11/12 Congresso AZAB

WORKSHOPS

No sábado, último dia do 44° Congresso da AZAB, serão realizados dois workshops simultâneos com os temas Sistema de Suporte à Vida, sob a coordenação de Rafael Franco, gerente técnico do AquaRio e Henrique Almeida, coordenador do comitê de aquários da AZAB, e Práticas de Condicionamento Animal - Exemplos de Aplicação, sob a coordenação de Cynthia Cipreste, coordenadora do comitê de bem-estar animal da AZAB.

09:00 - 17:00 WORKSHOP SISTEMA DE SUPORTE À VIDA 

O objetivo deste workshop é apresentar os princípios do sistema de suporte à vida e caracterizar os tipos de sistema e de filtragem para mamíferos aquáticos e outros animais. O workshop irá contar com a presença de:

Henrique Almeida, graduado em Oceanologia pela Universidade Federal do Rio Grande (1997), com Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, pela Rede PRODEMA/Universidade Federal do Ceará (2002), além de cursos complementares em design de recintos em zoológicos, bem estar animal e sistemas ecológicos para tratamento de água. Gerente Técnico da Empresa Terramare e Assessor do Aquário de Ubatuba desde 2005. Auditor da AZAB para Certificação de Bem-Estar de Zoos e Aquários e representante desta Associação no Comitê de Aquários da ALPZA (Associação Latino-americana de Parques Zoológicos e Aquários) desde 2021. Tem experiência em Design de recintos Aquáticos e Sistemas de Suporte à Vida para tratamento da água de Aquários, CETAS e Lagos Ornamentais.

Federico Argemi, doutor em Ciências Biológicas, com especialidade em contaminação, meio ambiente e sustentabilidade. Coordenador do Comitê de Aquários e membro do Comitê de Acreditação da ALPZA. Coordenador Regional do Programa CENSUS de elasmobrânquios, da AZA Safe.

Luciano Antonini, gerente geral da Advanced Aquarium Technologies (AAT). A AAT tornou-se o principal especialista em serviços de construção de aquários do mundo, fornecendo aquários comerciais totalmente prontos para uso.

António Peres Gomes, iniciou na Lusoreef como diretor geral numa aquicultura ornamental marinha em larga escala ( crustáceos e peixes) para exportação e permaneceu durante 8 anos. Na transição para uma nova empresa teve a pasta de responsável de negócio e desenvolvimento de soluções técnicas na empresa TMC Iberia, com foco na expansão da marca Tropical Marine Centre no mercado Europeu. Desenvolvimento de sistemas de LSS e Iluminação (Aquário de Murcia,  Madrid, Aquário de Barcelona, Lisboa, Porto, Malta, etc...) com múltiplos projetos associados à inovação de sistemas. No presente Senior LSS Designer da empresa AAT, suportando a empresa no desenho técnico de soluções para aquários públicos na Ásia.

Rafael Franco, gerente técnico do Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio), formado em biologia marinha pela Faculdade Integrada Maria Thereza (FAMATh) e membro do Conselho de Pesquisas AquaRio.

Isabel Rivera, amante e apaixonada pela vida aquática e pelo bem-estar animal dos animais que vivem embaixo d'água, engenheira de produção de aquicultura de profissão, atualmente Coordenadora de Aquários no Zoológico de Cali, possui 8 anos de experiência trabalhando com aquários e suportes de vida aquática.

09:00 - 17:00 WORKSHOP PRÁTICAS DE CONDICIONAMENTO ANIMAL - EXEMPLOS DE APLICAÇÃO

O objetivo deste workshop é apresentar através de cases a aplicação das técnicas de condicionamento para o treinamento de aves em situações diversificadas como o manejo em recintos coletivos; os principais objetivos do manejo comportamental de répteis sob cuidados humanos, as técnicas e ferramentas utilizadas; o planejamento logístico, cuidados, manutenção e limpeza do manejo diário de tubarões e raias; o condicionamento na rotina do médico veterinário de animais selvagens, relatos de casos clínicos solucionados por condicionamento e  a importância de ter um departamento comportamental dentro da instituição e a maneira adequada de ingressar nos diferentes setores de fauna. O workshop irá contar com a presença de:

Cynthia Cipreste, bióloga na Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte onde trabalha há 20 anos e tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Enriquecimento Ambiental e Condicionamento Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: animal welfare, environmental enrichment, operant conditioning, zoológico e enriquecimento ambiental.

Roberta Manacero, médica veterinária, fez aprimoramento no Zoológico de São Paulo, pós-graduação em Clínica Médica de Animais Selvagens e mestrado em Medicina e Bem-estar Animal. Capacitação internacional em condicionamento de animais selvagens. Membro profissional da ZRA - Zoological Registrars Association - e da IAATE - International Association of Avian Trainers and Educators. Studbook keeper da espécie Pyrrhura griseipectus (periquito-da-cara-suja). Atualmente é curadora de registros zoológicos e curadora de animais no Parque das Aves, atuando como Chefe das Divisões de Bem-estar Animal e Manejo.

Marina Schweizer, bióloga no BioParque do Rio, fez aprimoramento no Zoológico de São Paulo, é mestranda em Conservação da Fauna e visitou mais de 30 instituições zoológicas nacionais e internacionais. 

Amanda Morais, bióloga pela Universidade Federal de São Carlos, mestre em ecologia e evolução pela Universidade Federal de São Paulo, desenvolvendo projeto com ecologia comportamental de Preguiça-comum. Atua em manejo de fauna in-situ e ex-situ há 15 anos, com ênfase em condicionamento e enriquecimento ambiental. Foi bióloga chefe do Setor de Mamíferos da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Atualmente é coordenadora do Programa de Enriquecimento Comportamental Animal desta mesma instituição, pós-graduanda em comportamento animal e membro do comitê de bem-estar animal da AZAB.

Marisa Carvalho, bióloga, mestranda em Saúde Animal na Universidade de Brasília, especialista na área de Etologia (2018), possui pós-graduação Lato sensu em Saúde Coletiva pela Universidade de Brasília (2002). Experiência profissional na área de Meio Ambiente e Saúde. Membro do Comitê de Bem-Estar Animal da Associação de Aquários e Zoológicos do Brasil- AZAB. Chefe do Núcleo de Bem-Estar Animal da Fundação Jardim Zoológico de Brasília.

Helen Colbachini, graduada pela UNESP em Ciências Biológicas, com habilitação em Biologia Marinha e em Gerenciamento Costeiro. Mestre em Ciências Biológicas (Zoologia) também pela UNESP. É responsável pelos Departamentos de pesquisa, bem-estar animal e conservação do Aquário de São Paulo. Desde 2019 ministra a disciplina de Enriquecimento Ambiental na Pós-Graduação de Manejo e Conservação da Fauna Silvestre da UNISA. Neste mesmo ano passou a fazer parte do Comitê de Aquarios da Associação Latino Americana de Parques Zoológicos e Aquários (ALPZA), no qual hoje é também co-coordenadora. Em 2020 entrou para o Comitê de Bem Estar da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB).

Matheus Félix, possui licenciatura e bacharelado em Ciências Biológicas com ênfase em Biologia Marinha pela Universidade Santa Cecília(2013); atuou com resgate e reabilitação de animais marinhos pelo Instituto GREMAR, no setor de manejo no Aquário do Guarujá e como tratador de animais pelo Aquário Municipal de Santos. Iniciou como Biólogo de Manejo no Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio), com o projeto ainda em obra. Atualmente atua como biólogo-chefe (AquaRio), onde é responsável, pela aquisição, transporte e manutenção do plantel, condicionamento e bem-estar dos animais, licenciamentos, inventários, controle da qualidade de água, rotina de mergulho e execução de novos projetos. Foi o responsável por desenvolver o atual sistema de alimentação e condicionamento dos elasmobrânquios e por implementar uma rotina de enriquecimento ambiental para todos os tanques. Atualmente faz parte do Comitê Científico de Pesquisa do AquaRio.

Rafael Pagani, graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Paraná - Campus Palotina (2005-2009). Responsável técnico de zoológico desde 2010. Atualmente é médico veterinário - responsável técnico da Fundação Hermann Weege - Zoo Pomerode, em Pomerode, Santa Catarina, Brasil. Atua nas áreas de medicina e manejo de animais selvagens e bem-estar animal. Sócio da empresa ZooCare de consultoria, gestão e treinamentos. Mestre em Produção e Sanidade Animal pelo Instituto Federal Catarinense. Membro da Comissão de Animais Silvestres do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina (CRMV - SC).

Julio Reynoso, fez parte dos trabalhos realizados no Zoológico de São Paulo no treinamento de leões marinhos do sul (1999-2003) e do PEMS (Projeto Elefante Marinho do Sul da FURG) na Ilha Elefante, Antártica (2003-2008). Formador de  parte da equipe internacional de IFAW (International Fund for Animal Welfare) para a contingência em derramamento de óleo (2006).  Desde 2012  faz parte do departamento de bem estar e comportamento animal de Temaiken, Argentina, cuidando de detalhes como: Ambientações de expositores, tarefas de enriquecimento ambiental e treinamento animal".

Para saber mais sobre Sistema de Suporte à Vida e Práticas de Condicionamento Animal - Exemplos de Aplicação, participe do Congresso da AZAB de 6 a 11 de dezembro.

GARANTA SUA VAGA: 

https://congressoazab21.grupocataratas.com/l/NiICafABF1124

O Congresso é uma realização da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB), BioParque do Rio e Instituto Conhecer para Conservar (ICC). 

 


Participe com suas próprias publicações na Academia da Conservação. Veja aqui algumas dicas que separamos pra você!

Este é um espaço colaborativo e democrático, focado em conectar, comunicar e engajar pessoas em prol da conservação da biodiversidade. Conheça nosso time de embaixadores e curadores.

 

Academia da Conservação
Ler conteúdo completo
Indicados para você