[ editar artigo]

Programação 06/12 Congresso AZAB

Programação 06/12 Congresso AZAB

No dia 06 de dezembro de 2021 daremos início ao 44º Congresso da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil - Zoos e Aquários como Centro de Conservação da Biodiversidade.

O primeiro dia do encontro terá como tema “Estratégias da Conservação”, com o objetivo elucidar sobre os principais requisitos para zoos e aquários se tornarem Centros de Conservação da Biodiversidade.

13:00 - 14:00 CERIMÔNIA DE ABERTURA DO CONGRESSO

A cerimônia de abertura contará com a presença da moderadora Mara Marques, presidente da AZAB; Manoel Browne, diretor de operações do BioParque do Rio, AquaRio e Paineiras Corcovado; Talita Uzêda, representante do Instituto Conhecer para Conservar; Pablo Morbis, CEO do Grupo Cataratas, Melquisedec Ferreira da Rocha, presidente da Fundação RioZoo; Hélio Bustamante Pereira de Sá, coordenador do núcleo de fauna do IBAMA RJ; Marcelo Cupello, gerente de fauna do INEA e Francisco Cavalcanti de Almeida, presidente do CFMV.

14:00 - 15:00 PALESTRA COEXISTÊNCIA HUMANO-FAUNA

A primeira palestra do congresso será realizada por Silvio Marchini, professor da ESALQ-Universidade de São Paulo, que falará sobre o tema a Coexistência Humano-Fauna, a moderação será feita por Mara Marques (AZAB).

Silvio Marchini é um pesquisador colaborador no Laboratório de Ecologia, Manejo e Conservação de Fauna Silvestre (LEMaC) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), Universidade de São Paulo, e Pesquisador visitante na Wildlife Conservation Research Unit (WildCRU) do Departamento de Zoologia da Universidade de Oxford, Reino Unido. Doutor em Wildlife Conservation pela University of Oxford (Reino Unido), Mestre em Ecologia, Evolução e Sistemática pela University of Missouri-Saint Louis (Estados Unidos) e Bacharel em Biologia pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo. Membro da IUCN/SSC Task Force on Human-Wildlife Conflict e da IUCN/SSC Conservation Planning Specialist Group. Editor Associado da Frontiers in Conservation Science e co-editou o livro Human-Wildlife Interactions: Turning Conflict into Coexistence (Cambridge University Press). Fundador da Comunidade de Práticas em Coexistência Humano-Fauna (CoPCoex).

A palestra irá abordar sobre o conceito da coexistência que tem sido cada vez mais associada a um amplo espectro de interações humano-fauna, incluindo interações positivas, transcendendo um enfoque de conservação e envolvendo considerações explícitas de poder, equidade e justiça.  Nessa palestra Silvio irá apresentar uma abordagem para a tomada de decisão participativa, estruturada e baseada em evidências no planejamento para a coexistência humano-fauna. Mais especificamente, irá propor (i) uma estrutura conceitual para descrever a situação e definir os objetivos, (ii) um processo para examinar as causas da situação e criar uma teoria da mudança, e iii) um modelo para pesquisa e colaboração transdisciplinar integrando pesquisadores, tomadores de decisão e residentes juntamente com os interesses da fauna silvestre.

15:00 - 16:30 MESA-REDONDA CONSERVAÇÃO EX SITU GLOBAL

Após a palestra de abertura do dia, iniciaremos a primeira mesa-redonda moderada por Fabiana Rocha, coordenadora da CPSG Brasil, que irá tratar sobre o tema a Conservação Ex situ Global, com o objetivo de expor a importância científica, econômico-social da manutenção de populações de espécies fora de seu hábitat natural. O convidados são:

Martín Zordan, CEO da Associação Mundial de Zoológicos e Aquários (WAZA). Veterinário, começou como voluntário aos 14 anos em um Zoológico. Trabalhou em iniciativas de campo de conservação no Chile, posteriormente tornou-se Diretor da Associação Latino-Americana de Zoológicos e Aquários.

Thomas Christensen, técnico Ambiental do ICMBio, e ponto focal do Acordo ICMBio/AZAB. Mestre pela Universidade de Cambridge (2011) em Conservation Leadership. Ingressou no ICMBio em 2014 buscando trazer mais planejamento estratégico para a conservação de espécies ameaçadas.

Daniela Bueno, especialista ambiental da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo (SIMA) e coordenadora do Subgrupo de Trabalho Conservação (GT ABEMA/FAUNA).

16:40 - 18:10 MESA-REDONDA CENTROS DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

Dando continuidade ao evento, teremos nossa segunda e última mesa do dia moderada por Ana Raquel Gomes Faria, diretora de conservação da AZAB, que irá tratar sobre Centros de Conservação da Biodiversidade. O objetivo desta mesa será apresentar os zoológicos e aquários como centros de conservação, seus projetos e atividades para a conservação de espécies ameaçadas e irá contar com a presença de:

Christian Olaciregui, biólogo, com 13 anos de experiência em manejo e conservação de fauna in situ e ex situ, realizou pesquisas com ênfase em aves e espécies ameaçadas de extinção e manejo de áreas protegidas. É coordenador do Comitê de Conservação da ALPZA desde 2018 e membro do CPSG desde 2020.

Marcelo Szpilman,  biólogo marinho, idealizador e fundador do Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio). Após 14 anos (2005-2019) exercendo o comando como diretor-presidente, sendo sete anos para viabilizar, mais quatro anos de obra e três de operação, Marcelo decidiu deixar de ocupar a direção executiva do equipamento e tornou-se Presidente de Honra do AquaRio.

Cauê Monticelli, técnico ambiental, biólogo, especialista em zoologia e mestre em Conservação da Fauna. Realizou aprimoramento em manejo e biologia de animais selvagens na Fundação Parque Zoológico de São Paulo (FPZSP), foi curador responsável pelo Setor de Mamíferos da FPZSP e atualmente é responsável pelo departamento de biologia e conservação da Associação Paulista de Zoológicos e Aquários (APAZA, 2019-2021), studbook keeper perante a Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB) e ICMBio/MMA, membro da Comissão Pró-Primatas Paulistas (SIMA/SP, 2020-2022) e coordenador do Centro de Conservação de Fauna Silvestre do Estado de São Paulo (CECFAU), onde desempenha atividades na área de manejo e conservação de fauna ex situ e in situ.

Para saber mais sobre Estratégias de Conservação da Biodiversidade, participe do Congresso de 6 a 11 de dezembro, com valores de inscrições a partir de R$ 125,00.

GARANTA SUA VAGA: https://congressoazab21.grupocataratas.com/l/NiICafABF1124

O Congresso é uma realização da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB), BioParque do Rio e Instituto Conhecer para Conservar (ICC). 

Comissão Organizadora do 44° Congresso da AZAB:

  • Adriano da Silveira (BioParque do Rio)
  • Ana Bárbara (BioParque do Rio)
  • Ana Raquel Gomes Faria (AZAB)
  • Arthur Albuquerque (BioParque do Rio)
  • Carolina Noronha (BioParque do Rio)
  • Claudia Ladeira (AZAB)
  • Claudio Maas (AZAB | BioParque do Rio)
  • Claudia Igayara (AZAB)
  • Djalmir Junior (BioParque do Rio)
  • Fernando Nascimento (BioParque do Rio)
  • Francisco Ângelo (BioParque do Rio)
  • Grazielle Giacomo (Instituto Conhecer para Conservar)
  • Gregory Almeida (BioParque do Rio)
  • Gladstone Corrêa de Araújo (AZAB)
  • Hugo Gallo Neto (AZAB)
  • João Pedro Bighi (BioParque do Rio)
  • Letícia Monteiro (BioParque do Rio)
  • Mara Marques (AZAB)
  • Manoel Browne (BioParque do Rio)
  • Nancy Banevicius (AZAB)
  • Patricia Pereira Lima (BioParque do Rio)
  • Patricia Rocha (BioParque do Rio)
  • Ramiro Dias (BioParque do Rio)
  • Raíssa Lima (BioParque do Rio)
  • Talita Uzêda (Instituto Conhecer para Conservar)
  • Tays Izidoro (AZAB)
  • Yago Sacramento Moriello (BioParque do Rio)

 

Academia da Conservação
Ler conteúdo completo
Indicados para você