[ editar artigo]

O Santuário Marinho da Paisagem Carioca

O Santuário Marinho da Paisagem Carioca

Na Semana do Dia Mundial do Oceano, passamos por uma sequência de acontecimentos que nos levaram da alegria a tristeza em muito pouco tempo.

Domingo, dia 06 de junho, identifiquei uma possível área de alimentação de tartarugas-marinhas dentro do Parque Natural Municipal Paisagem Carioca, na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro. Para confirmar que as tartarugas usam esta área para se alimentar frequentemente, passamos a ir todos os dias, numa parceria com o Projeto Aruanã, para monitorar o comportamento destas tartarugas por lá. No entanto, logo na segunda-feira, dia 07 de junho, a primeira notícia ruim: Nos deparamos com uma tartaruga morta na praia, que foi levada pelo Projeto de Monitoramento de Praias, o PMP.

Sexta-feira, dia 11 de junho, voltamos à Praia Vermelha e depois de mais de uma hora de monitoramento, uma surpresa nada boa: uma das tartarugas que havíamos observado durante a semana foi pescada por um pescador recreativo, que realizava a atividade em área proibida para a pesca por se tratar de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral. O pescador alegou não saber das restrições da pesca naquela área, assim como muitos outros pescadores e caçadores subaquáticos que frequentam a Praia Vermelha.

O acontecimento reforça a necessidade de uma melhor comunicação e sensibilização da população a respeito da importância das áreas marinhas protegidas. Por isso, elaboramos o projeto de criação do Santuário Marinho da Paisagem Carioca, que não é uma categoria que faz parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, mas tem como objetivo chamar a atenção para as unidades de conservação marinha desta região, incluindo o Parque Natural Municipal Paisagem Carioca, que é a única Unidade de Conservação de Proteção Integral que inclui uma Área Marinha sob gestão da prefeitura do Rio de Janeiro. Com a criação do Santuário e as atividades de pesquisa, engajamento social, educação e comunicação ambiental realizadas pelo Projeto Verde Mar e seus parceiros, queremos proteger as tartarugas marinhas, os peixes e todos os seres vivos desta área tão importante para os cariocas e para o mundo.

Vale lembrar que a enseada da Praia Vermelha faz parte do Ponto de Esperança das Ilhas Cagarras e Águas do Entorno, reconhecida pela Mission Blue Internacional como prioritária para a conservação marinha.

Venha com a gente nessa mobilização pelo Santuário Marinho da Paisagem Carioca e ajude a promover o uso responsável do oceano!

 


Participe com suas próprias publicações na Academia da Conservação. Veja aqui algumas dicas que separamos pra você!

Este é um espaço colaborativo e democrático, focado em conectar, comunicar e engajar pessoas em prol da conservação da biodiversidade. Conheça nosso time de embaixadores e curadores.

Academia da Conservação
Ler conteúdo completo
Indicados para você