[ editar artigo]

O início de uma década decisiva para os seres vivos

O início de uma década decisiva para os seres vivos

O ano de 2021 nos traz o início de duas campanhas muito importantes para a conservação da biodiversidade, ambas promovidas pela Organização das Nações Unidas (ONU): a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável 2021-2030 e a Década da Restauração de Ecossistemas 2021-2030. Além disso, continuam com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a qual contém o conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Um verdadeiro plano de ação global para erradicar a pobreza, proteger o planeta,  e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade; Conectar e envolver um grande número de participantes em todos os setores da sociedade para construir e ampliar iniciativas existentes; Comunicar para além do compartilhamento de informações e sensibilização, comunicar para gerar mudança de comportamento; Engajar e criar uma grande onda que contribua com o aumento da conscientização para a restauração.

Durante o Conservação Integrada Summit 2021-2020, realizado entre novembro e dezembro de 2020 aqui na Academia da Conservação, com o objetivo de conectar pessoas de todo o mundo, compartilhar conhecimento e nos preparar para os próximos dez anos, tivemos um dia inteiro dedicado ao Oceano em que os convidados discutiram as principais estratégias na restauração dos ecossistemas marinhos, a aquicultura como uma ferramenta aliada na conservação e a preservação de espécies  marinhas ameaçadas. 

Neste dia, o Chris McOwen (UNEP-WCMC) nos trouxe uma abordagem fundamental sobre a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável e sobre conectar o azul e o verde:

É importante reconhecer que a natureza não vê uma divisão entre o mar e a terra. Ou seja, a terra e o mar se confundem, a natureza ultrapassa essas fronteiras. A poluição que jogamos nos nossos ralos não para simplesmente porque é um problema terrestre, ela também vai para o oceano.

Chris McOwen também falou sobre a importância da Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, ressaltando que a ciência é fundamental para protegemos e restaurarmos os ecossistemas marinhos, "temos que estudar e compreender o oceano, uma vez que a gente compreenda, podemos proteger de formas diferentes e desfazer o impacto que cometemos, além de gerir e regular como usamos o oceano".

A conservação é importante não apenas para nós, mas também para as gerações futuras. Mas por que proteger o oceano? Todos os seres vivos têm o direito de existir. Além disso, o oceano nos fornece bem-estar, saúde e alimentos, armazena o carbono e assim reduz o impacto das mudanças climáticas, furações, tsunamis, elevação do nível do mar, e nos ajuda como sociedade no comércio da pesca, turismo e economia. No Brasil atualmente há cerca de 26% de área marinha protegida, que ajudam a diminuir a exploração de peixes por exemplo.

A conservação dos oceanos é responsabilidade de todos!

Durante o Summit também tivemos um dia inteiro dedicado a Década da Restauração de Ecossistemas, onde foi anunciado com exclusividade pelo Coordenador Geral da Campanha da Década da Restauração de Ecossistemas, Tim Christophersen (PNUMA), a data de início da Década da Restauração de Ecossistemas, que será dia 05 de Junho de 2021. Ele também reforçou que o Brasil foi um dos primeiros a fazer o lançamento da Década e deve exercer um papel central tanto na liderança da Década, quanto no desenvolvimento de soluções. Também foram discutidas questões como agricultura sustentável e o papel de zoológicos e aquários na Década da Restauração.

“O sucesso é possível. Podemos redefinir a nossa relação com a natureza e podemos trazer o ecossistema e as espécies de volta, só temos que fazer mais, usar os recursos de forma mais eficaz e trabalhar de forma estratégica.” 

- Kira Mileham, IUCN.

E se você quer rever a mesa do CONSERVAÇÃO INTEGRADA SUMMIT que mais gostou ou assistir alguma que não conseguiu acompanhar ao vivo, separamos aqui os vídeos de todas as 15 mesas da nossa programação imperdível!

_____

Faça parte da Academia da Conservação e fique por dentro de conteúdos de qualidade sobre conservação e sustentabilidade, inscreva-se e participe com suas próprias publicações. Veja aqui algumas dicas que separamos pra você!

A Academia da Conservação é um espaço colaborativo e democrático, possuímos como principais objetivos conectarcomunicar e engajar pessoas em prol da conservação da biodiversidade. Conheça nosso time de embaixadores e curadores.

Entre no canal da Academia no Telegram e tenha acesso a notícias, novidades, promoções em primeira mão:

 

Academia da Conservação
Ler conteúdo completo
Indicados para você