[ editar artigo]

Ajude o Pantanal que vive

Ajude o Pantanal que vive

O Pantanal está em chamas

Em 2020, o Pantanal passa pela maior seca dos últimos 47 anos. Segundo dados de um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, até meados de outubro mais de quatro milhões e cem mil hectares de vegetação foram consumidos pelo fogo que arde sem parar, somando até agora cerca de 27% da totalidade do Pantanal. Dos últimos 22 anos que tem registros e acompanhamentos dos incêndios, estamos no pior ano até agora.

Com área maior que o território de Portugal, Suíça, Holanda e Bélgica somados, várias regiões do Pantanal têm acesso apenas por barco, aumentando ainda mais o desafio de controlar os incêndios. E mesmo com alguns esforços de heróis anônimos, é impossível combater o fogo quando ele já se alastrou por centenas e centenas de quilômetros, como pode ser comprovado nos impressionantes relatórios com fotos de satélites nacionais e internacionais.

O fogo é introduzido no Pantanal todos os anos principalmente por ação humana, mas quando ele perde o controle antes do ciclo das cheias, por causas acidentais e até criminosas, todos perdem. Tanto quem tira seu sustento da terra, quanto as pessoas que ali habitam e também a rica biodiversidade tão única deste lugar que foi considerado Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera pela UNESCO.

A Academia da Conservação apoia o Projeto Brigada Alto Pantanal, e você também pode ajudar.

O que é a Brigada Alto Pantanal?

O nosso embaixador Hugo Fernandes esteve no Pantanal recentemente, e durante a live de lançamento da Academia da Conservação nos contou um pouco sobre como foi essa experiência e do papel da Brigada Alto Pantanal no combate ao fogo:

O Instituto Homem Pantaneiro (IHP) teve a iniciativa de criar uma brigada profissional com homens treinados, equipados e assalariados que irá patrulhar as regiões da Serra do Amolar, Parque Nacional e Parque Estadual Encontro das Águas. É o lugar com maior concentração de onças-pintadas no mundo e uma área fundamental para a conservação do meio ambiente e das economias do MT e do MS.

Desde o mês de fevereiro de 2020, o IHP está mobilizando brigadas de combate ao fogo com recursos doados, mas o fogo ainda é maior que a equipe e como ele se espalha rápido, o tempo de treinamento e contratação necessário pode causar prejuízos significativos.

Como doar

A meta da Brigada Alto Pantanal é manter duas brigadas equipadas e treinadas por 12 meses e colaborar com custos veterinários dos animais silvestres. 

A campanha tem diversas frentes de arrecadação:

  • Doação de Pessoa Jurídica

  • Vaquinha (Financiamento Coletivo)

  • Doação direta via Paypal

  • Depósito em conta

  • Bitcoin

Você pode escolher como prefere doar através do site: brigadaaltopantanal.org.br

De quem é a iniciativa?

A Brigada Alto Pantanal é uma iniciativa do Instituto Homem Pantaneiro em parceria com  a Documenta Pantanal, e Wahba Filmes.

Fundado em 2002, o Instituto Homem Pantaneiro (IHP) é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que atua na preservação do bioma Pantanal e da cultura local. Dentre as atividades desenvolvidas pelo IHP destaca-se a gestão de áreas protegidas, o desenvolvimento de pesquisas e a promoção de diálogo entre os atores com interesse na área. 

Igualmente sensibilizada e parceira neste projeto, a iniciativa Documenta Pantanal, que reúne artistas e encampa produções culturais e apoia diversas campanhas em prol da região, endossa a relevância da ação por considerar de fundamental importância o investimento na formação e na capacitação de brigadistas e a mobilização imediata da sociedade para a urgência em conhecer e preservar esse ecossistema.

Vamos juntos, salvar o Pantanal que ainda vive?

Academia da Conservação
Ler conteúdo completo
Indicados para você